sábado, novembro 25, 2006

XXIV SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA

"Em 2007 ocorrerá o XXIV SIMPÓSIO NACIONAL DE HISTÓRIA, promovido pela ANPUH (Associação Nacional de História) em São Leopoldo (RS), de 15 a 20 de Julho. Além das conferências, mesas redondas, etc, o congresso se desdobrará em algumas dezenas de "simpósios temáticos", visando promover uma maior homogeneidade e proximidade nas discussões entre os pesquisadores. Buscando dar mais visibilidade à área de História da Educação no congresso, enviamos proposta de um simpósio temático - "A Educação e a Formação da Sociedade Brasileira" -, que foi aprovada pela organização do evento. Para aefetivação deste simpósio temático, precisamos contar com no mínimo vinte (20) trabalhos aprovados, sendo o limite máximo quarenta (40). As inscriçõespoderão ser feitas, on line, de 20/11/2006 a 15/02/2007, no site do congresso: http://snh2007.anpuh.org, ou entrando pela página da AssociaçãoNacional de História: www.anpuh.org. Solicitamos aos interessados que efetivem suas inscrições e/ou divulguem esta proposta, conclamando os pesquisadores de História da Educação para enviarem seus trabalhos para o XXIV Simpósio Nacional de História, simpósio temático "A Educação e a Formação da Sociedade Brasileira", para consolidarmos a área de pesquisa no mais importante congresso de História noBrasil. Para sanar alguma possível dúvida, pedimos que entre em contatopor meio dos endereços eletrônicos: wenceslau@ufu.br e carloshcarvalho06@yahoo.com.br."

Enviado pelo nosso Prof. Wenceslau, pedindo divulgação.

terça-feira, novembro 14, 2006

Semana da Educação

sexta-feira, outubro 06, 2006

Evasão escolar da informática

...escreve a Comissão Europeia, 'as condições dos professores portugueses para usarem as TIC são muito baixas, com o país a ocupar a 22.ª posição'. A partir deste cenário, a comissão sugere a necessidade de adoptar políticas no sentido de aumentar o número de computadores por escola, melhorar a qualidade do equipamento e formar docentes para as TIC."

Anacronismos na educação? Computadores são lápis. Os alunos sabem, os professores não estão preparados, outras prioridades existem, escola sobrecarregada também por aqui.

E no entanto, seria importante que fosse uma questão já resolvida. Diminuiria as distâncias e seria uma boa ferramenta de trabalho, se bem conhecida e rentabilizada. Novas escritas e nova comunicação, times are changing, deve a escola acompanhar? Sem culpabilizações, apenas com vontade.

http://informaticajuridicaedireito.blogspot.com/2006/09/esocportugal-escolas-continuam-ter.html

sexta-feira, setembro 29, 2006

FNE critica despacho sobre docentes com deficiências

A Federação Nacional dos Sindicatos da Educação (FNE) contestou esta segunda-feira um despacho do Ministério da Educação sobre a colocação de professores com deficiências, acusando a tutela de «falta de sensibilidade» ao obrigar os docentes a concorrer anualmente. Em comunicado, a FNE considera «absolutamente lesivo» o despacho publicado em Diário da República, que estabelece as condições de colocação por transferência ou destacamento dos professores do quadro que sejam portadores de incapacidade permanente visual, auditiva ou outra que dificulte ou impeça a mobilidade. De acordo com o despacho, estes docentes têm de pedir transferência ou destacamento para escolas adaptadas em termos de acessibilidades e equipamentos, comprovando que leccionaram naquele estabelecimento durante> pelo menos um ano nos últimos três. «Um dos elementos mais gravosos deste documento prende-se com o facto de ter de ser o próprio docente a solicitar a transferência para uma escola com os equipamentos e acessibilidades necessárias ao exercício das suas funções», afirma a federação, considerando que deveria ser a tutela a criar as condições necessárias para estes professores. A FNE critica ainda a obrigatoriedade destes professores concorrerem anualmente, o que considera revelar «falta de sensibilidade ou conhecimento da questão por parte do ministério». «Dadas as especificidades destes profissionais, a FNE exige mais uma vez que seja criado um mecanismo que lhes permita não ter de concorrer anualmente. Caso contrário, o despacho de hoje revela-se limitado e não responde aos problemas urgentes relativamente a estes docentes», conclui a federação. O despacho já entrou em vigor, sendo apenas aplicável durante o ano escolar de 2006/2007.
Fonte: Diário Digital Lusa Notícias Actualidade 27 / 09 / 2006

Obrigado ao José Pedro Amaral pela informação, o direito de divulgar obviamente o seu comentário à notícia, com propriedade:

"Lá se vai por água-abaixo o Artº 70, ou 71?, da Constituição da República Portuguesa no que aos Cidadãos Portadores de Deficiência lhe confere! José Pedro Amaral
<acessibilidade@yahoogrupos.com.br>

quinta-feira, setembro 28, 2006

História Cultural e História da Educação



sexta-feira, junho 09, 2006

Cultura Escolar e Património


"A Museum is a non-profit making, permanent institution in the service of society and of its development, and open to the public, which acquires, conserves, researches, communicates and exhibits, for purposes of study, education and enjoiment, material evidence of people and their environment"
(ICOM statutes, art. 2, par. 1)


Links sugeridos pela Profª Maria João Mogarro:

Património:
Folhamie Online - http://www.eses.pt/projectos/museu/museol_folhamie5.htm
Inventário do Património Museológico da Educação - http://edumuseu.sg.min-edu.pt/escolas/MWBINT/MWBINT02.asp
Rede de Investigadores em História e Museologia da Infância e Educação -RIHMIE - http://www.eses.pt/projectos/museol_protocolo.htm
Museu Bibliográfico, Pedagógico e Artístico João de Deus - htpp://www.joaodeus.com
MEDIA - Museu Escolar, da Infância e Aprendizagem - http://www.eses.pt/index1.htm
Instituto Português de Museus - http://www.ipmuseus.pt
Rede Portuguesa de Museus - www.rpmuseus-pt.org
INRP - Institut National de Recherche Pédagogique - http.//www.inrp.fr
MUSEE - http://www.musee-online.org
Hellen Keller Kids Museum On Line - http://www.afb.org/braillebug/hkmuseum.asp
Museu Universitário da UFSC - http://www.guiafloripa.com.br/mu/mu1.htm#museu
Museu da Escola de Minas Gerais - http://www.cultura.mg.gov.br/museus/museus_mineiros/escolamg.htm
Associação dos Museus das Crianças - http://www.childrensmuseums.org
Museu Escolar de Marrazes - http://www.museuescolar.pt/
Museu Escolar do Landal - http://www.montejunto.com/index.php?option=com_content&task=view&amp;amp;id=2058&Itemid=333&lang=pt
Museu Escolar Oliveira Lopes - http://www.rotadaluz.pt/page.php?ID=1447

Pedagogos:
Makarenko:
http://www.ibe.unesco.org/international/publications/thinkers/thinkerspdf/makarenko.pdf
Maria Amália Borges:
http://www.ics.ul.pt/publicacoes/analise_social/recensoes/ensino.pdf
Maria Montessori:
http://www.newfoundations.com/gallery/montessory.html
Martinho de Mendonça:
http://bnd.bn.pt/ecrans/fichas/ficha_065aa.html
Ovide Decroly:
http://www.members.tripod.com/lfcamara/decroly.html
Paulo Freire:
http://www.paulofreire.org
Pestalozzi:
http://www.socsi.kun.nl/ped/whp/histeduc/links08c.htm#pestalozzi
Platão:
http://plato-dialogues.org
Rui Grácio:
http://www.iie.min-edu.pt/rui-gracia/biografia.htm
Santo Agostinho:
http://www.mundodosfilosofos.com.br/agostinho.htm
Seomara da Costa Primo:
http://www.esec-seomara-costa-primo.rcts.pt/patrona.htm
Skinner:
http://www.bfskinner.org
Vigostky:
http://www.marxists.org/archive/vygostky/index.htm

domingo, maio 07, 2006

Prof. António Nóvoa - Novo Reitor da Universidade de Lisboa

"A cerimónia de tomada de posse do Reitor, Professor António Sampaio da Nóvoa, está agendada para o dia 23 de Maio, pelas 15h00, na Aula Magna.
O Professor António Sampaio da Nóvoa foi eleito Reitor da Universidade de Lisboa com um total de 239 votos a favor e 13 em branco, o que corresponde a 94,8 % do número total de votos expressos.Dos 324 membros da Assembleia da Universidade, votaram 252 membros, o que corresponde a 77,7% do universo de votantes do pessoal discente, docente e não docente.O processo eleitoral decorreu nos dias 4 e 5 de Abril, após um período de apresentação pública e discussão do programa eleitoral, apresentado pelo candidato ao cargo."

no site da reitoria: http://www.ul.pt/?p=700

Parabéns e felicidades no novo cargo.

domingo, abril 02, 2006

E mais fontes...

Pois é o que nos preocupa agora. Estou perto de algumas, até em trabalhos, começo pela DGEMN:

Direcção-Geral dos Edifícios e Monumentos Nacionais - criada em 1929, alterações óbvias de designação e tutela, extinta (separadas as funções de arquivo e de manutenção de edifícios do estado) nesta reforma recente. O arquivo central situa-se no Forte de Sacavém, vale a pena visitar e conhecer o projecto. A documentação (processos de obra) está separada por espécies, para efeitos de conservação, e digitalizada. É de acesso público, salve as restrições legais de alguns edifícios, por segurança. Tem Direcções Regionais, com arquivos consultáveis nas mesmas condições. O do Sul situa-se em Évora.

O seu website (www.monumentos.pt) encontra-se de momento em reconstrução, mas já tiveram as bases de dados online (textual, espécies fotográficas e desenhos técnicos). É um arquivo riquíssimo onde se podem encontrar as plantas das entidades que estamos a estudar, pedir a sua reprodução à escala, em formato vectorial ou raster.

Ainda para plantas, poderá haver algo nas bases de dados do IPPAR e das Câmaras Municipais, por onde passam todos os projectos de obra.

Fotografias de edifícios: procurar no Arquivo Fotográfico da Câmara de Lisboa, ao Martim Moniz. Também muito fácil de consultar e com organização e indexação eficientes.

sexta-feira, março 24, 2006

Mais referências on-line

Este espaço destina-se a tudo o que quisermos. Mas, neste momento, em que todos nos centramos nos nossos trabalhos, julgo que é sobretudo um espaço de referências. Duas indicações que nos foram sugeridas na aula de ontem, parecem-me fazer bastante sentido, nesta fase:

http://bluemedia.dyndns.org/historiaeducacao/online/index.asp - base de dados de mestrados e doutoramentos em História da Educação

e

http://www.apbad.pt/, http://www.ica.org/ e http://www.iantt.pt/ (respectivamente Associação Portuguesa de Bibliotecários, Arquivistas e Documentalistas, Conselho Internacional de Arquivos e Instituto dos Arquivos Nacionais/ Torre do Tombo; neste último a norma de descrição documental NP4438-1 de 2005 logo na página inicial)

segunda-feira, março 20, 2006

Publicações on line

Acrescentei aos nossos links o do Ministério da Educação. Têm estatísticas, informações e uma área que nos pode interessar, de publicações on line, como segue:

http://www.min-edu.pt/Scripts/ASP/news.asp?categoriaID=pub

domingo, março 05, 2006

III Encontro de História da Educação

No dia 31 de Março tem início no Auditório da Biblioteca Almeida Garrett (Palácio de Cristal) o III Encontro de História da Educação, reunião nacional da Sociedade Portuguesa de Ciências da Educação que se realiza apenas em cada nove anos. Depois de Lisboa (1987) e Braga (1996), coube agora à Faculdade de Letras da Universidade do Porto a organização desta edição, onde durante três dias se debaterá “A História da Educação em Portugal: Balanço e Perspectivas”.

Mais detalhes em http://sigarra.up.pt/rscup/noticias_geral.ver_noticia?p_nr=121

sexta-feira, fevereiro 24, 2006

II CIPA

segunda-feira, fevereiro 20, 2006

Descrição arquivística

Encontra-se já disponível no website do IAN/TT, a 1ª versão das Orientações para a descrição arquivística: documentação, em

<http://www.iantt.pt/downloads/Orient_desc_arq_v1.pdf>.

As técnicas Lucília Runa e Joana Braga agradecem todos os comentários e sugestões pertinentes, tendo em vista futuras revisões.

domingo, fevereiro 19, 2006

E no Brasil?

Aviso de abertura publicado ontem no Diário da República do Brasil, com 8499 vagas. Praticamente metade (4347) destinam-se a lugares em quadros de escola do ensino regular. Os três novos grupos de recrutamento criados especificamente para a educação especial (alunos com necessidades educativas especiais de carácter prolongado) totalizam 2155 vagas, abaixo das três mil inicialmente estimadas. Há também dois mil lugares em quadros de zonapedagógica (vinculação a uma região e não a uma escola). Durante a próxima semana, os candidatos que não concorreram em 2005 têm de inscrever-se por via electrónica (www.dgrhe.min-edu.pt) e é-lhesatribuído o número de utilizador e palavra-passe necessárias à participação no concurso.Quanto aos que concorreram no ano passado, deverão utilizar os códigos atribuídos em 2005 e cuja validade também deve ser testada no mesmo site. O concurso para 2006/2007 tem uma validade por três anos. As alterações foram anunciadas pelo Governo como uma tentativa de diminuir a mobilidade e garantir a estabilidade num sistema que, todos os anos, vê dezenasde milhares de professores mudar de escola.
Fonte: http://br.groups.yahoo.com/group/aulaviva/

sexta-feira, fevereiro 17, 2006

Nós que aqui estamos por vós esperamos

É um filme-memória sobre o século XX, a partir de recortes biográficos reais e ficcionais de pequenos e grandes personagens que viveram neste século. Este filme pretende discutir a banalização da morte e por correspondência directa, da vida. Noventa e cinco por cento das imagens são de arquivo: Filmes antigos, fotos e reportagens de TV. O filme não tem um locutor nem depoimentos orais dos personagens envolvidos. A sonorização é realizada com música, efeitos sonoros e silêncios. A música é de Wim Mertens. O título foi extraído do pórtico de um cemitério de uma cidade do interior de São Paulo. De ler, a carta de apresentação do filme escrita pelo seu director Marcelo Mazagão, em http://www2.uol.com.br/filmememoria/apresentacao.htm

73 minutos . Cor/P&B . 35 mm . 1:66 . Dolby SR.